MOC sem posto de ingresso; especiais; Lorena nacional

SEM POSTOS EM MOC

A CBV SOLTOU
a nota oficial sobre os ingressos para a final da Superliga Nacional de Vôlei. A venda antecipada começa nesta terça-feira pela internet e outros 23 postos. O curioso é que, mesmo com o Bonsucesso/Montes Claros na decisão, a cidade não foi contemplada com nenhum ponto de venda. Em Minas, haverá apenas dois e em Belo Horizonte: Chevrolet Hall e Livraria Leitura Savassi. Até mesmo Porto Alegre terá o seu posto. Opção então apenas pela internet. www.ticketsforfun.com.br. Os preços da arquibancada superior custam R$ 10. Na inferior R$ 30.

PELO CHÃO E PELO AR

A TORCIDA DE
Montes Claros vai comparecer em número considerável lá em São Paulo. Pelo diretor Alexandre Amorim, fui informado que a Transnorte vai disponibilizar pelo menos quatro ônibus para excursões. As empresas de turismo, como a Pizarro, também organizam os seus. Já a Guacuí vai mais além com o fretamento de um avião. A saída do voo será às 4 da manhã, no próprio sábado, direto para São Paulo. Valor: R$ 1,2 mil por pessoa.

TRÊS QUILOS MENOS

O LEVANTADOR
Rodriguinho ainda se recupera da virose com cara de dengue e que por pouco não o tirou da partida de classificação contra o Sada/Cruzeiro, semana passada. Segundo ele próprio, perdeu três quilos. Ainda mostra umas manchas vermelhas na perna, acompanhadas da coceira.

AGENDA DE ÍDOLO

OS E-MAILS
e telefonemas recebidos desde a última terça-feira, quando marcou o ponto decisivo do tie-break e que colocou o Montes Claros na final da Superliga, deixam bem claro que o oposto Lorena ganhou status de personalidade nacional.
NÃO APENAS PELAS performances em quadra, que lhe renderam a condição de o maior pontuador em uma única edição de Superliga (684), mas também pela repercussão de lá para cá, em especial nas matérias em rede nacional, além da inédita convocação para a Seleção Brasileira.
POR EXEMPLO, na cidade do interior paulista que lhe empresta o apelido por ser sua terra natal virou ídolo máximo ao ponto de as pessoas cobrarem uma data certa para a próxima visita lá.
ELE CHEGOU a confessar que acredita que vá ser difícil andar tranqüilo pelas ruas de lá, como tem sido em Montes Claros, onde é abordado a todo momento para fotos e autógrafos.
OS CONTERRÂNEOS prometem ir em peso ao Ginásio do Ibirapuera, no sábado que vem. Lorena fica a 203 quilômetros de Sampa.

DIRETO DE PANAMBI

JÁ O LÍBERO
Tiago Brendle espera encontrar o pai Udo e os dois irmãos em São Paulo, no dia da final. A mãe, como ele mesmo disse, está no coração. Faleceu há seis anos. A turma vai sair de Panambi, interior do Rio Grande do Sul – próximo a Passo Fundo -, rumo a Sampa.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

1 comentários:

Rodrigo Rocha disse...

É porque não tem Saraiva em Montes Claros, hehehehehe.....

Brincadeiras à parte, é um absurdo não ter ingresso na cidade do time que terá o seu representante na final da Superliga. Isso é uma vergonha!!!!! Acessei o sítio da internet que vende os ingressos e estava fora do ar.

Mas, enfim, consegui comprar as arquibancadas inferiores e assistirei ao jogo. Sou montesclarense, acompanhei o time na primeira parte da Superliga, quando ainda morava na cidade, e será uma honra torcer pro nosso time!!!!!