Funorte: treino secreto, súmula leve e nada de acordo de ingressos

ONDA DOS SECRETOS

WANDERLEY Luxemburgo, Adilson Batista e agora José Maria Pena. A tática dos treinos secretos chegou ao Funorte. Hoje, no penúltimo dia de preparação para o jogo diante do Mamoré, pela quarta rodada da segunda fase do Campeonato Mineiro do Módulo II, o treinador fechou os portões do Estádio José Maria Melo para as filmadoras e câmeras fotográficas.

FRESTA

UMA equipe da TV Geraes pôde registrar algo do gramado apenas por uma fresta; antes de ser fechada.
O mistério é para evitar que o adversário tenha qualquer informação preliminar sobre o time tricolor, líder da Chave C com cinco pontos, um a mais que o próprio Sapo e a Tombense. O Itaúna é lanterna com 2.

TODOS

NO ENTANTO, conforme foi apurado pelo JN, o técnico do FEC promoveu um treino tático de ataque contra defesa e finalizações. Sobre os titulares, é bem provável que o mistério prossiga até momentos antes do jogo, pois ele terá todos os jogadores à disposição. Não há ninguém em tratamento no departamento médico ou suspenso. Pelo contrário, o capitão Andrezinho cumpriu a suspensão automática em Patos de Minas e volta aos planos para o meio de campo e a ala esquerda.


SÚMULA AMENA

NÃO HÁ como negar que o clima seja de rivalidade, até porque, no empate dos times, sábado passado, em Patos de Minas, o jogo teve uma série de incidentes envolvendo as duas delegações: vestiário invadido, policiamento no campo e agressões entre jogadores. O curioso é que pelo menos na súmula disponibilizada pelo site da Federação Mineira de Futebol (FMF), o árbitro Emerson de Almeida Ferreira sequer citou a briga entre Berg, do FEC, e o lateral Juninho Lopes, como fatos que teriam comprometido o andamento da partida. Os dois atletas já haviam sido substituídos.


INGRESSO? CADA UM POR SI

A DIRETORIA do Funorte chegou a propor à Prefeitura o custeio de todos os ingressos para o jogo de depois de amanhã, como comemoração oficial ao feriado do Dia do Trabalho. A carga de 5 mil bilhetes seria adquirida pelo município e distribuída gratuitamente. A resposta veio hoje; e de forma negativa.


SEM CAMISA

"INFELIZMENTE, não conseguimos essa parceria que seria muito importante para esse momento especial que o esporte da cidade vive", disse o diretor do FEC, Cristiano Júnior, que chegou a fazer camisas com o timbre oficial da Prefeitura, como forma de agradecer a parceria. Diante da resposta, a ideia foi abortada.

Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

1 comentários:

RiCaRdO FREITAS disse...

Treino secreto, tudo bem.
Mas como fica a imprensa? E o torcedor?
O treino estava previsto normalmente na programação da semana, divulgada pela assessoria de imnprensa do Funorte. E a reportagem foi confirmada para produção da pauta!
Na hora H sempre tem uma surpresinha: pneu furado, mudança de local, muito sol, muita chuva... Tudo bem. Mas se o treino é fechado, porque o técnico não comunica ao assessor? A imprensa não trabalha por ela, mas como forma de levar ao torcedor a situação e os acontecimentos relacionados com o time, para o qual paga ingresso para assistir.
Esse técnico, ou quem for o responsável por essas trapalhadas, tem de aprender a respeitar quem está trabalhando pra divulgar o trabalho dele e o time, que não é dele. Não se brinca dessa forma. Mobilizar uma equipe de reportagem para perder tempo ??
FALTA TOTAL DE RESPEITO AO ESPORTE, E AO TORCEDOR. Depois reclama que o público é magro. Motivo extra-campo não falta, não é?
Ricardo Freitas
TV Geraes e
www.moctube.blogspot.com