Exemplo do rival; argumentos individuais; galera em Sampa e os estudos

A própria história do adversário de amanhã mostra como um estreante derrubou favoritos e levantou título de uma Superliga Nacional

POR SI SÓ, a campanha do Bonsucesso/Montes Claros é motivo de confiança da torcida e dos próprios jogadores para a conquista do título da Superliga Nacional de Vôlei. Mas o otimismo ganha reforço, ainda, com o histórico de vitórias sobre adversários mais tradicionais na fase de classificação e nos play-offs e o poder de recuperação com viradas de placar até certo ponto inacreditáveis.

OUTROS fatores de destaque estão no desempenho individual dos atletas. Por essas análises, mesmo se tratando de um estreante na competição, o favoritismo que muitos apontam para o adversário catarinense pode cair por terra por exemplos como do próprio Cimed.

O TIME DE SC foi criado em 2005 e também sua primeira Superliga chegou a ser finalista; e foi mais além. Sob o comando de Renan Dalzotto, medalha de prata em Los Angeles ’84, venceu o então Telemig Celular/Minas em pleno Mineirinho (BH), por 3 a 1, e ficou com o título. Portanto, ser estreante e ganhar a taça mais importante do vôlei do Brasil não é nada impossível.

PROJEÇÃO

EQUIPE COM a melhor média de público da Superliga 2009/2010 – mais de 5,7 mil pessoas –, o Montes Claros já garantiu o direito de disputar a Copa América de Clubes, como um dos quatro melhores do País. Quem for campeão Sul-americano, garantirá vaga no Mundial, em Abu Dhabi.

ALÉM DA torcida, que vai seguir para São Paulo em bom número (cerca de duas mil pessoas só de Montes Claros), o time impressiona pelos números de seus jogadores. O ponteiro Diogo é o atacante mais eficiente da Superliga, com 38,3% de acertos; Rodriguinho é o melhor levantador com 46,2% de eficiência, enquanto Brendle tem o terceiro melhor desempenho da competição como defensor, com 28,8% de aproveitamento.

FUNDAMENTOS E VÍDEOS

APRIMORAR
fundamentos, como saque e recepção, além de trabalhar as táticas de jogo, como inversões e contra-ataques. Esta parece ser a agenda dos jogadores e comissão técnica do Bonsucesso/Montes Claros a um dia da final da Superliga Nacional de Vôlei. Nesta sexta,
das 10h30 às 12h30, no Ginásio do Ibirapuera/SP, o time treina pela última vez antes de enfrentar o Cimed/Malwee/Florianópolis, neste sábado, às 9h30.

À TARDE, se o técnico Talmo de Oliveira mantiver o estilo de trabalho, uma reunião com os atletas para estudar mais sobre o Cimed, com vídeos e estatísticas do adversário, time de melhor campanha na fase de classificação, mas que foi derrotado pelo Montes Claros.

A NOTÍCIA de que mais dez ônibus de torcedores foram confirmados para acompanhar o jogo em São Paulo animou bastante a delegação. “Nos jogos em casa, ela foi muito importante e, agora, então, será muito bom ter a torcida ao nosso lado nesta final”, analisou o central Acácio. Da mesma forma que o time fez de tudo para estar nesta final, o levantador Cristóvão acredita que a torcida esteja fazendo sua parte. “O momento é muito importante”, resumiu.

AO LADO DA SELEÇÃO

AINDA PELA manhã desta sexta-feira, comissão técnica e diretoria deverão prestigiar o evento que a CBV e a Olympikus estarão promovendo para o lançamento dos novos uniformes das Seleções Brasileiras Masculino e Feminino, às 11 horas, no Mercury Hotel. O presidente Ary Graça Filho (CBV) e o técnico Bernardinho estarão presentes.

Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

1 comentários:

TNT disse...

Tio Cris (posso falar assim) Excelente o Blog acompanho sempre. E tem um texto agradavel e bem disposto. Muito legal, este espaço prá nós amantes do volei.

Ah.. O Hotel em questão é "MERCURE" assim mesmo com E... Gde abraço.

Charley (charleyfabiano@bol.com.br)