Empate mantém Funorte líder, mas jogo virou caso de Polícia

DUAS VEZES À FRENTE

O FUNORTE esteve duas vezes na frente do placar, mas voltou para casa apenas com um ponto do empate em dois a dois com o Mamoré, na tarde desse sábado, no estádio Bernardo Rubinger de Queiroz, em Patos de Minas, pela terceira rodada da segunda fase do Módulo II. Os gols foram marcados por Tiago Pitbull, aos 6' do primeiro tempo e aos 28 do segundo tempo, com Hugo e Reinaldo fazendo para os donos da casa.

OUTRO EMPATE E LÍDER

MENOS MAL que no outro jogo da chave, Tombense e Itaúna empataram em Tombos em um a um, resultado que manteve o time de Montes Claros na primeira colocação isolada, agora com cinco pontos. Mamoré e Tombense dividem a segunda colocação, com quatro, enquanto o Esporte Clube Itaúna tem apenas dois. No feriado do Dia Mundial do Trabalho, o Funorte voltará a campo em casa, contra o mesmo Mamoré, na abertura do returno.

CASO DE POLÍCIA

O CLIMA para este próximo compromisso não é dos melhores. A partida de ontem em Patos de Minas virou caso de polícia, a partir de uma briga envolvendo o massagista do Mamoré e o atacante Berg, ainda com a bola em jogo. Os ânimos foram controlados, mas foi preciso que a delegação do Tricolor de Montes Claros deixasse o estádio escoltada por três viaturas da Polícia.

MAIS BRONCAS

MAS O FUNORTE está indo mais além nas reclamações sobre o tratamento dispensado pelo Mamoré em Patos de Minas, ontem. Há denúncias de que o vestiário foi trancado com a delegação dentro dele, além de ameaças de torcedores e diretores ao trio de arbitragem. O diretor Jeibson Moura não se mostrou conformado com o gol de empate do Sapo, aos 39' do segundo tempo, de pênalti.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: