Funorte: lateral dá bolo e só Andrade vem, Tricordiano perde pontos, Poços x Sapo de novo e o Araxá de PC

REFORÇOS

A APENAS um dia do prazo final de novas inscrições no Módulo II (25/03), a diretoria do Funorte quer apresentar pelo quatro reforços hoje e amanhã. Alguns nomes estão sendo mantidos em sigilo até porque os contratos serão assinados somente em Montes Claros, o que evitaria o assédio dos clubes concorrentes.

JAMESSON NÃO MAIS

MESMO ASSIM,
o tiro saiu pela culatra. Mais cedo, aqui mesmo na Veneta, falávamos da chegada do lateral direito Jamesson, nome que tive acesso.
O JOGADOR que passou pelo Sergipe, Central/PE, Gama e Joinville e que estava no Ituiutaba havia mesmo acertado as bases salariais com o FEC, mas, na última hora, seu empresário optou em levá-lo para a URT.
NÃO DUROU nem mesmo duas horas a notícia sobre sua contratação. Por isso, o Formigão pensa em confirmar, agora, somente quando houver a assinatura do documento. O chamado preto no branco.

ANDRADE E RANCHARIA

CERTEZA
, pelo menos até agora, é o meia atacante Andrade (foto ao lado), do Toledo/PR, indicado por Leandro Bocão, ex-meia do FEC.
QUASE AQUI é o zagueiro Rancharia, que passou pelo Democrata de Governador Valadares e pelo Atlético.

SÁ TAMBÉM FORA

O MEIA MARCELO
Sá, do Sampaio Correa/Maranhão, também estava sendo procurado pelo Funorte, assim como um atacante do interior paulista. Mas o presidente do time maranhense garantiu a sua liberação somente na sexta-feira, um dia depois do término do prazo de inscrições. Assim, o FEC abriu mão dele também.

JULGADO

UMA DAS
comissões disciplinares do Tribunal de Justiça da FMF julgou, na terça-feira, o caso do adiamento do jogo entre Mamoré e Poços de Caldas, válido pela chave do Funorte no Campeonato Mineiro do Módulo II, que aconteceria no dia 13, em Patos de Minas, pela 1ª rodada do turno.

NOVO JOGO

FICOU
decidido pelo TJD que não haverá o cancelamento e, sim, o agendamento de uma nova data sob responsabilidade do Departamento Técnico da FMF, o que deve acontecer antes da rodada final da primeira fase.

INTOXICAÇÃO

O DUELO foi suspenso depois que parte da delegação do Vulcão sofreu problemas com a intoxicação de alimentos entre a sexta e o sábado. Pelo menos dez atletas precisaram tomar soro para hidratação (foto). O clube não teve como comparecer no Estádio Bernardo Rubinger (ou Arena Kickball), local do jogo, e se baseou no relatório do árbitro e nos atestados médicos apresentados para buscar agendar outra data.

SE FOSSE HOJE

O FUNORTE, hoje líder da Chave A, com 11 pontos, obviamente em interesse direto nesta história. Com a classificação atual, qualquer resultado o Formigão perderia a primeira posição. No caso de empate, o Poços chegaria a 12. Vitória verde levaria o Mamoré aos mesmos 12.

TRICORDIANO

MAS A BOMBA
foi mesmo a perda de quatro pontos do Tricordiano em um jogo envolvendo o próprio Funorte. Na estreia dos times no Módulo II, no dia seis de fevereiro, o volante Breno teria jogado de forma irregular. A decisão foi da terceira comissão disciplinar do TJD e o clube de Três Corações, que já é o lanterna da chave, pode recorrer.

COMPENSAÇÃO

PERDE UMA em casa e compensa fora. A tática funcionou contra a URT, há 14 dias (foto ao lado), quanto o FEC foi derrotado em Montes Claros, na semana anterior, para o Poços (1x3), e venceu lá em Patos de Minas (2x0).
AGORA, depois de perder em casa para a mesma URT (1x2), o time voltou para casa com mais três pontos. Esteve lá em Poços de Caldas, no domingo passado, e venceu o Vulcão, por um a zero.
O GOL FOI DO zagueiro Alex, aos 34’ do segundo tempo, em jogo válido pela segunda rodada do returno do Campeonato Mineiro do Módulo II. Virou líder da Chave A, agora com 11 pontos.

VISITANTE ARRASADOR

NOS 77%
de aproveitamento até agora, o Funorte conquistou nada menos que oito pontos como visitante, enquanto que, como mandante, são apenas três. Aliás, fora de casa, o FEC não sabe o que é perder. Venceu URT (2x0) e Poços (1x0) e empatou com o Araxá (2x2) e com o Tricordiano (0x0).

AFASTADO

ALÉM DE
o time dar o troco no adversário, que o havia derrotado em Montes Claros no primeiro turno (1x3), o resultado afastou o Tricolor do risco da eliminação e, o mais importante, o colocou pela primeira vez na liderança da Chave A. A pontuação (11) e o saldo (+3) são os mesmos aos do Poços de Caldas, mas tem maior número de gols marcados (10 contra 9).

CONTRA O EX-TÉCNICO

AGORA, A
preparação visa o duelo contra o ascendente Araxá, time que vem de duas vitórias seguidas depois que o ex-técnico tricolor, Paulo César Alencar, assumiu. Ganso e Formigão jogam no Estádio José Maria Melo, sábado, às 15 horas, com ingressos antecipados mantidos nos R$ 5,00.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

2 comentários:

Jean disse...

CAMPANHA: Uniforme 2 em casa também!

Todo jogo que o Funorte faz fora de casa, joga com o segundo uniforme, o vermelho. Tá dando muita sorte, tamos invictos fora. Já os jogos em casa com o uniforme 1, não tá dando muito certo...

Vc Cristiano, q tem contato direto com a diretoria do FEC podia dar um toque lá, pra usar nesse jogo o segundo uniforme!

Flw

Christiano Jilvan disse...

Jean... Vc viu que o seu pedido foi atendido!!! Abs