Londres, conselho, parcerias...

LONDRES

MAIOR REVELAÇÃO do rádio de Montes Claros nos últimos anos, Ênio Lima assumiu de vez a condição de narrador oficial do América na equipe da Itatiaia. Agora, para marcar de vez essa projeção, foi escalado para acompanhar o jogo entre Brasil e Irlanda, semana que vem, em Londres. Será a primeira experiência internacional do ‘garoto que marca’, jargão que ganhou na chamada ‘rádio de Minas’.

DIAS FORA

UM DESCONFORTO na parte posterior de coxa está tirando o meia Wellington Dias dos planos do técnico José Maria Pena para enfrentar o Poços de Caldas, depois de manhã. Mas que fique bem claro que o problema não tem nada a ver com o que ele teve em Araxá, sábado passado, precisando até mesmo de ser socorrido pela ambulância no gramado do Fausto Alvim. Lá, sofreu uma pancada na região do tronco e perdeu o ar, mas voltou a campo para marcar um gol e, depois, se contundir na coxa.

CHANCE I

A POSSIBILIDADE que a prefeitura tem de se tornar uma das parceiras do time do Funorte, como foi comentado aqui na Veneta, semana passada, é real, embora haja desmentiras nos bastidores. O fato é que o município quer se projetar também no futebol, como já acontece com o vôlei, e teria no time do Formigão o grande argumento para convencer deputados e governos a conseguir as verbas para a construção do estádio Mocão.

CHANCE II

AINDA MAIS QUE o projeto está emperrado por força da burocracia – também, claro, pela falta de recursos. Nem ao menos o mato pode ser retirado do terreno no Delfino Magalhães por determinação dos peritos da Caixa, que ainda querem comparar as antigas planilhas com a realidade do local e (tentar) comprovar que o dinheiro já liberado foi – ou não - gasto.

CHANCE III

POIS BEM, voltando ao assunto da parceria. O acordo só será selado a partir de reuniões entre os dois mandatários de cada lado: Luiz Tadeu Leite pela prefeitura e Ruy Muniz como presidente de honra da Funorte. Há sim uma ponta de resistência de ambos, por causa de seus projetos políticos e de alheios.

PANCADA

É CERTO que o Funorte vai precisar de toda atenção para dar conta de vencer o Poços de Caldas, não apenas por se tratar de um confronto contra o líder de sua chave. O adversário do sábado é, nada menos, que o time com o maior número de cartões no Módulo II até o momento. São 15 amarelos e um vermelho. Sabe muito bem parar uma jogada com falta. O Vulcão chega a Montes Claros amanhã com quatro jogadores pendurados.

FALHA

SEM MUITO alarde, o conselho municipal de esporte e lazer foi empossado ontem, em solenidade no gabinete do prefeito Luiz Tadeu leite. Mesmo com meia hora de atraso, três dos conselheiros, entre titulares e suplentes, não apareceram. Metade das vinte cadeiras pertencem ao poder público e as demais são indicadas pela sociedade civil. Penso que, como acontece em um ou outro conselho haveria espaço para pelo menos um representante direto do setor de comunicação social (sem vínculo com outro segmento), independente de se tratar de diretor, editor, repórter, cinegrafista.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: