Jogo bom para confirmar quem manda no Tancredo Neves

Com oito vitórias em nove jogos em casa, Montes Claros/Funadem tenta frear entusiamo do bom visitante Fátima/Medquímica/UCS

Com força máxima, inclusive o maior sacador e pontuador da competição até agora (Fabrício Lorena, com 314 pontos), o Montes Claros/Funadem reencontra sua torcida nesta quinta-feira, às 19 horas, no Ginásio Poliesportivo Tancredo Neves, em jogo válido pela terceira rodada do returno da Superliga Nacional de Vôlei. O adversário é o forte time do Fátima/Medquímica, da Universidade de Caxias do Sul/RS, último clube do G-8, mas que tem dois jogos a menos em relação aos demais primeiros colocados.

Independente do fator quadra, o time montes-clarense sabe que vai ter que brigar pela vitória do início ao fim, até porque os líderes Sada/Cruzeiro (37) e Cimed/Florianópolis/Malwee (34) conseguiram se distanciar com a combinação de resultados das últimas quatro rodadas.

Além disso, o Funadem precisa retomar o caminho das vitórias, já que perdeu os últimos dois compromissos em São Paulo para o Sky/Pinheiros e o Sesi/SP, de virada. É bem verdade que manteve a terceira colocação geral, mas outros rivais encostaram como o Vivo/Minas, Pinheiros e Sesi, todos com 30 pontos.

O Fátima/UCS, por sua vez, venceu seis dos oito jogos que fez como visitante, rendimento que serve de alerta para o técnico Talmo de Oliveira. "O que a gente tem que fazer é se impor. Manter o bom aproveitamento nos saques e no ataque e, ao mesmo tempo, tentar melhorar nos outros fundamentos", analisou.
Se o Caxias é um visitante que gosta de surpreender, o Montes Claros é um mandante que não dá "sopa para o azar". Venceu oito dos nove jogos em casa.

FORA DE NOVO

A última apresentação do Funadem diante de sua torcida foi no dia 30 de janeiro, quando venceu o Ulbra/São Caetano por 3 a 0. Depois deste compromisso contra os gaúchos, vai retomar a rotina de viagens contra o Brasil Vôlei Clube, Funvic/Cuiabá e Upis/Brasília. Assim, serão mais 14 dias longe de casa, já que o próximo jogo no Tancredo Neves só acontecerá em quatro de março, diante do Volta Redonda.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: