Conselho, ganso manco e o sonho de um time na 1ª

OS DAS SECRETARIAS

EM MÃOS
, a minuta de portaria que dispõe sobre a nomeação e posse dos vinte representantes (e seus suplentes) para o Conselho Municipal de Esporte e Lazer (Comel). Dez deles estão ligados ao poder público: secretarias de Fazenda, Educação, Desenvolvimento Social, Cultura, Saúde, Defesa Social e Procuradoria Jurídica, com uma cadeira cada, e a de Juventude, Esportes e Lazer, com três vagas titulares.

OS DEMAIS

OS OUTROS
segmentos da sociedade com direito a conselheiros são: SESC, SESI, Conselho Regional de Educação Física, Sest/Senat, Liga Montes-clarense de Futebol, Unimontes (Departamento de Educação Física e Desporto), Funorte (Curso de Educação Física), Diretório Central dos Estudantes e a Liga de Artes Marciais. As entidades representativas dos portadores de necessidades especiais, juntas, têm direito a uma cadeira.

GANSO MANCO

PRÓXIMO
adversário do Funorte, o Araxá Esporte parece viver um princípio de crise. Perdeu na estreia em Patos de Minas (0x1 Mamoré) e, antes mesmo do segundo jogo, anunciou a dispensa de quatro jogadores.
NA RODADA PASSADA, o Ganso, apelido que o clube tem há priscas eras, apenas empatou em casa com o Poços de Caldas: 1x1.
E O SEU gol foi de pênalti, anotado por Ratinho, somente aos 41’ do segundo tempo.
O TIME JÁ tinha sido vaiado no intervalo por causa da vitória parcial do Poços.
NO NOTICIÁRIO de lá, tudo indica que, no caso de uma derrota para o Funorte, é bem provável que o técnico Erick Moura perca o emprego.
NO ELENCO do Araxá há pelo menos três jogadores bem conhecidos da torcida de Montes Claros: o goleiro Paulo César, ex-Montes Claros e Ateneu; o zagueiro Derlan, que também passou pelo Broca, além de Cafu, meia que passou pelo próprio Funorte.

PLANOS PARA O MOCÃO

PASSADO O CARNAVAL, a grande notícia nos bastidores do esporte local é a real possibilidade de a prefeitura aliar-se ao Funorte (e vice-versa).
A COISA PARECE estar bem encaminhada e pode ser anunciada na posse do Conselho Municipal de Esporte e Lazer, dia 24 próximo. O Formigão passaria a receber uma ajuda oficial sempre que estiver em atividade, independente da competição.
O VALOR AINDA está em discussão, mas não seria muito diferente ao total repassado ao time do Montes Claros/Funadem.
DE QUALQUER MANEIRA, aumentaria, assim, o poder de fogo do FEC para buscar reforços nos times eliminados precocemente da Primeira Divisão.
DENTRO DOS trâmites que a legislação exige, a documentação está sendo preparada ainda para este mês.
O MOTIVO dessa união de forças e tudo mais? Justificar a construção do Mocão, que seria construído paralelamente à disputa do Módulo II. Com os recursos, o Funorte criaria condições para, definitivamente, brigar pelo título.
COM O estádio pronto, a cidade teria, enfim, um time de volta à Elite Estadual; e pela porta da frente.
ASSIM, A IDEIA joga por terra os boatos que circularam no estádio José Maria Melo, sábado passado, de que o município assumiria outro time profissional.

NA TECLA DA GLOBO

COMO NÃO
é todo dia que a coisa acontece, vale a pena reproduzir o destaque que o Funorte ganhou no site da Rede Globo Minas ao assumir a liderança de sua chave no Módulo II. Motivo da capa, o time tem como grande feito a vitória do sábado de Carnaval. Aliás, a matéria sobre o jogo, por causa do feriado de Carnaval e o recesso na redação do JN, foi divulgada exclusivamente pelo blog (
www.devenetaonline.blogspot.com).
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: