Sada levar a melhor no clássico equilibrado


O Montes Claros/Funadem esteve à frente do placar em duas oportunidades, mas acabou sendo superado pelo Sada/Cruzeiro, apenas no tie-break, ontem à noite, no primeiro dos seus dois clássicos mineiros na Superliga Nacional. Foram exatas duas horas e vinte e seis minutos de bola ao alto, com parciais de 25/20, 19/25, 25/21, 23/25 e 12/15.

Provando pela primeira vez como é jogar em um ginásio lotado mas com a torcida adversária (o Poliesportivo de Itabira recebeu 4,7 mil pessoas) na cidade onde o técnico Talmo nasceu, o time venceu o primeiro e o terceiro sets, mas o apoio das arquibancadas parece ter sido fundamental para a reação dos cruzeirenses, que seguem na primeira colocação, agora com 23 pontos. O técnico Marcelo Méndez chegou a utilizar o levantador reserva como ponteiro nos últimos sets para fugir da marcação. Deu certo.

Por sua vez, o Montes Claros manteve a quinta colocação, mesmo com a derrota, apenas a segunda em toda a Superliga. Sem tempo para lamento, Talmo e os seus comandados voltam à quadra amanhã à tarde, contra o Vivo/Minas, na Arena JK. Esse ginásio é de boa lembrança para o time, já que conquistou o Campeonato Mineiro e o Desafio Globominas ali.

O placar de Itabira fez jus à rivalidade entre o Sada e o Funadem, que agora chega aos sete jogos (três vitórias cruzeirenses contra quatro montes-clarenses). O equilíbrio foi tamanho que nenhum dos sets foi decidido por diferença maior que seis pontos. O curioso é que o time da Capital teve mais erros individuais que o MOC (37 contra 31). Com 32 pontos, sendo um de saque direto, o oposto Lorena foi mais uma vez o destaque individual, embora o levantador Rodriguinho tenha, literalmente, acertado a mão em praticamente todas as bolas. (Foto: Ronaldo Silveira)
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: