Veneta da semana: eleições, público vôlei, futebol...

Amigos, a coluna desta quinta e com as suas co-irmãs da semana, devidamente atualizadas...

PLEITO NA LIGA

O PRAZO PARA as inscrições das chapas à eleição do novo mandatário da liga de futebol de Montes Claros termina na próxima sexta-feira, às 18 horas, em sua sede. Além do companheiro para a vice-presidência, o candidato a presidente terá de apresentar, no ato, os três nomes para a titularidade do Conselho Fiscal e outros dois para a suplência.
ATÉ ONTEM À noite, o número de inscritos era zero. Com o atual presidente Diu Andrade não quer a reeleição, há somente outros dois grupos ensaiando candidatura: Edson Luiz (Lula), ex-Coroinha e Ipiranga, e Eliezer Moreira (Liu), ex-Magalhães. NO entanto, nenhum com ar de ser situação.

MAIS QUERIDO TAMBÉM VOTA

TEMPO DE eleição também no Cassimiro de Abreu. O pleito deve acontecer entre os dias 27 e 31 deste mês. A data certa dependerá da publicação – três vezes seguidas – do edital para as inscrições das chapas, missão que cabe somente ao presidente do Conselho Deliberativo, José Maria Melo.
EM RESUMO há trinta conselheiros aptos ao voto.
SITUAÇÃO: já em seu segundo mandato, o presidente Gilson Albuquerque ainda não consultou o atual vice-presidente Celso Câmara para ver se ele topa a disputa.
OPOSIÇÃO: ex-presidente e treinador do próprio clube, o professor João Bispo "Bonga" já se apresenta como o candidato opositor, à espera, somente, da abertura do período de inscrições para oficializar a candidatura.

BASTIDORES DO VÔLEI

NÃO BASTASSE a confusão e o mau humor do assessor nos dois amistosos Brasil x EUA em Montes Claros ainda em setembro, a CBV voltou a pegar no pé da imprensa local. Queria porque queria limitar em dez o número de credenciais de repórteres, fotógrafos e cinegrafistas na cobertura do jogo Montes Claros e SESI/SP.
FOI PRECISO A diretoria do clube intervir para por fim ao impasse.
POR OUTRO LADO, a turma de jornalistas que ficou dentro da quadra anotando e fotografando vai precisar se conter e não comemorar os pontos. O primeiro relatório da CBV já observou isso.
A CADA pedido de tempo ou intervalo, a mascote Esquilão entra em ação para animar a torcida, acompanhado de quatro beldades. Além dos gritos de apoio, atira brindes para as arquibancadas.
MAS O curioso é que, nesses brindes, há bonés do banco do aposentado. Na VENETA anterior, publicada no domingo na edição impressa do JN, entendia se tratar de um concorrente do Banco Bonsucesso, patrocinador do uniforme do time, mas o comando do Montes Claros/Funadem esclareceu: as franquias na cidade têm o mesmo dono.

R$ 2 + 2

AINDA SOBRE o vôlei, haverá mesmo uma promoção especial da véspera de Natal, dia 22, quando o time receberá o Up Time/Cuiabá na quinta rodada da Superliga. Aos invés dos tradicionais R$ 10,00, o ingresso será simbólico: R$ 2,00 e mais dois quilos de alimentos não-perecíveis, com renda revertida às instituições ligadas à Apas. Os próprios jogadores serão os protagonistas das doações in loco.

RECORDE DE PÚBLICO



EM APENAS DUAS rodadas na Superliga, o Montes Claros/Funadem já detém dois recordes: o time com o maior número de pontos (223) e os dois maiores públicos da competição. No primeiro jogo contra o Sesi/SP, o Poliesportivo recebeu 4115 pessoas. No sábado, outros 4275 pagantes. Para se ter uma ideia, o terceiro maior público até agora aconteceu em Volta Redonda, no jogo dos donos da casa contra o Santo André: 2,1 mil pessoas.

PELA ENVERGADURA DO Poliesportivo, a presença de torcedores na quinta-feira (3), por exemplo, poderia ter sido maior, mas a gente lembra que se tratava de um dia útil para estudo e trabalho. Já no sábado (5), teve TV.

MAS O PÚBLICO teve sim destaque nos dois primeiros jogos do Funadem na Superliga: de crianças a idosos, famílias inteiras, alunos de projetos esportivos e sociais, atleticanos e cruzeirenses. Até uma camisa do Ateneu apareceu por lá. A Escola Estadual Gonçalves Chaves levou até uma faixa para saudar o time, enquanto a patrocinadora Palimontes montou sua torcida organizada, com camisa e letreiros. (foto: Clésio Robert)



EMBORA A postura de técnico seja mais sereno e ponderado, Giovane Gávio não teme como fugir da condição de estrela da companhia na quinta-feira. O técnico do Sesi/SP foi o mais assediado, inclusive por marmanjos. Teve até gente do paço pedindo autógrafo e camisas. (Foto: Rubem Ribeiro)

PAI E MÃE

A VITÓRIA SOBRE o Sky/Pinheiros por três sets a dois foi um presente para o levantador Cristóvão, reserva imediato de Rodriguinho no Montes Claros/Funadem e que renovou idade no sábado.

ALÉM DOS COMPANHEIROS, foi cortejado pelos pais corujas, no almoço oferecido ao time pela patrocinadora FIP/MOC. Seu Abel e dona Joana vieram de Belo Horizonte para acompanhar os dois primeiros jogos.

ALIÁS, AS viagens pelo País para ver o filho em ação é rotina. "Já fomos para Uberlândia, Itabira, São Paulo...", disse seu Abel, que visitava Montes Claros pela terceira vez.

JÁ CONHECIA
Montes Claros desde os tempos em que o HU era o Hospital da Fhemig, como inspetor da Fundação.

CHANCE DE “DESCONTO”

ESTÁ LÁ no regulamento do Campeonato Mineiro do Módulo II: além dos estudantes com as carteirinhas oficiais, os maiores de 65 anos têm direito à meia entrada para acompanhar os jogos do Funorte no ano que vem.

A FMF já estipulou o valor único para o ingresso (R$ 10,00), mas sete dias úteis antes o clube mandante poderá solicitar a redução para o valor que bem entender.

CABE APENAS ao Departamento de Futebol vetar o pedido, mas como o Formigão já mostrou que tem jogo de cintura...

TREINOS NO FERRÓ

FUNORTE E FERRÓ estão firmando uma parceria para o ano que vem, que vai culminar na cessão do campo e da pista na preparação ao Módulo II. O uso seria restrito às manhãs dos dias da semana, turno de menor frequência no clube. Mas para bater o martelo, o presidente Getúlio Mendes quer ouvir primeiro o restante de sua diretoria. Ele propõe, ainda, que os funcionários da rede Soebras sejam sócios conveniados do Ferroviário.

O CLUBE negocia com três cidades da região para fazer a pré-temporada de janeiro: Jaíba, Bocaiuva e Janaúba, essa última que recebeu o time antes da disputa do Módulo II de 2009. Além de campos oficiais, o clube teria a garantia de hospedagem e alimentação. Com compensação, pelo menos dois amistosos contra selecionados locais.

BOLA AOS 71



NÃO HÁ COMO negar que ele não tenha sido um dos destaques no Ferroviário, mesmo sem entrar em campo para a decisão. Afinal, Nena esteve entre os jogadores do 21º Torneio Interno; e aos 71 anos. Prevendo o título do Flamengo, exibia a indumentária rubro-negra na manhã do domingo. No ano que vem, garante que vai encerrar a carreira. (Foto: Wilson Medeiros)

PODEM COPIAR



IDEIA BOA deve mesmo ser copiada, como a da Farmácia Real, que fez uma edição do Saúde na Praça momentos antes da abertura do Torneio de Peteca do Max Min. O seu projeto consiste na oferta de testes de glicemia e medição da pressão arterial para os atletas. Ninguém foi obrigado a passar pelos atendentes, mas a adesão foi quase que total. Até os diretores sentaram à mesa para saber como andam suas taxas. (Foto: Rubem Ribeiro)

...




HÁ QUASE UM ano na Ucrânia, o montes-clarense Ramon Lopes joga com a camisa do Volyn, de Lutsk, como contou na matéria especial do JN ontem.Além do futebol propriamente dito, do choque de cultura e da superação pela origem humilde, falou também sobre o racismo.
FOI ENFÁTICO ao descartar qualquer tipo de experiência do gênero naquele país.
RECONHECE QUE as pessoas negras e morenas chamam a atenção nas ruas, mas apenas como curiosidade dos ucranianos.
"LÁ SÓ TEM gente branca", disse. (Foto: Veneta)

DOIS DE 140


COM DIREITO à divulgação em cartazes e anúncios nas rádios, Cruzeiro trouxe um olheiro a Montes Claros para duas peneiradas no Estádio José Maria Melo, ontem. Os testes foram restritos à faixa etária de 13 a 16 anos, com mais de 140 meninos observados – 60 de manhã e 80 à tarde. Do montante, há informações de que apenas dois foram aprovados de imediato.

PARA LÁ DE 800...

MESMO A EXATOS 848 quilômetros da Cidade Maravilhosa, Montes Claros também fez sua festa com o título do Flamengo. Os rubro-negros sertanejos foram para a Avenida Sanitária comemorar o hexa, reforçados pelos celestes que garantiram a vaga na Libertadores no apagar das luzes. Mas teve gente que preferiu ver de mais perto.

O DENTISTA LUIZ Manna, presidente da organizada Flamoc Center – que até ganhou time de futebol na cidade –, estava nas arquibancadas do Maracanã.

FESTA TAMBÉM para os companheiros Ramon Fonseca, Alex Oliveira, João Veloso, Jeibson Moura, Jorge Custódio, Rodrigo "Carioca" Cruz e Tonilídio.

E SE SERVIR de consolo para Minas, o Cruzeiro foi o único time que venceu o Flamengo duas vezes.

CONTRA O TOURO


O FUNORTE FARÁ a partida de fundo na rodada de estreia da Copa São Paulo Júnior, dia 3 de janeiro, contra o Touro, apelido do Fluminense de Feira de Santana por causa de sua mascote.
SERÁ ÀS 16 horas, provavelmente sem TV. Já no dia seis, a partida considerada a mais complicada pela tradição do adversário em revelar talentos na base: o Guarani de Campinas, no calor da preliminar, às 14 horas.
ENCERRA A primeira fase no dia 10, contra o Rio Preto, também no primeiro jogo da rodada final.

COISA PARA A HISTÓRIA

UM DOS RAROS momentos para matar a saudade dos tempos de ouro do futebol de Montes Claros, o encontro dos ex-atletas chega à sua sétima edição em 2010, programada para esta quinta-feira, às 20 horas, Free Chopp. Além da troca de fotos e dos causos dos campos, o evento contribui para reforçar o acervo que está sendo montado para o Centro de Memória do Esporte de Montes Claros, projeto científico de professores da Unimontes.

...

O COMANDO do programa Minas Olímpica anunciou na semana passada, Montes Claros como sede da fase final dos Jogos do Interior de Minas do ano que vem, entre os dias 8 e 17 de outubro. Ganhou a queda-de-braço contra Patos de Minas e Juiz de Fora. A previsão é de reunir em torno de 4 mil atletas em modalidades até para atletas adaptados.
A ESTRUTURA que a cidade não parece ter sido o fator de desequilíbrio, até porque as outras duas concorrentes também são fortes neste quesito. Pesou foi o quase "ineditismo" do fato e o suporte financeiro oferecido – embora não revelado. Segundo a prefeitura, a última vez que a sede final veio para o Norte de Minas foi há 25 anos.
NO JIMI, os esportes individuais são disputados apenas na etapa final e a sede tem a garantia de inscrição em todas as modalidades. E quase todas têm adeptos em Montes Claros; há muito tempo diga-se de passagem – inclusive campeões nas competições federadas.
AGORA, ENTÃO, fica no ar a garantia de que esses esportes individuais também serão prestigiados pelo município. Porque, inclusive neste ano, não foi assim. Nas finais de Uberlândia, apenas os coletivos viajaram como representantes oficiais de Montes Claros.

VOLTA A PELADA

A turma da imprensa está anunciando o resgate da pelada semanal, suspensa há quase dois anos por motivos de força maior. E a bola vai rolar tão logo vire o ano. Nas reuniões dos próximos dias, a ideia é definir os detalhes de local, dia e os critérios para participação. Para marcar esta retomada, haverá um torneio entre os times (ou combinados) dos jornais, TVs, rádios, sites e uma equipe convidada dos acadêmicos do curso de comunicação social.

Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: