Funorte anuncia tacada de mestre para entrar na Elite

Funorte na 1ª Divisão de Minas Gerais? O que para muitos pode ser possível somente com o título ou a segunda colocação do próximo Campeonato Mineiro do Módulo II, e do ano que vem, para a diretoria tricolor a coisa parece bem real e já para 2010. Nesta tarde, o clube iniciou entendimentos com a diretoria do Rio Branco para estabelecer uma parceria que permita aos norte-mineiros representar o time de Andradas na Elite do futebol estadual.

Com esse acordo, o FEC passaria a ser chamar Rio Branco Funorte e com sede em Montes Claros, onde receberia Atlético, Cruzeiro, América e Villa Nova no Estádio José Maria Melo.

A parceria seria pelos próximos três anos e não dependeria do aval da Federação Mineira de Futebol. Bastaria um acordo entre os dois clubes interessados. Cristiano Dias Júnior, diretor executivo/financeiro do Funorte, adiantou à Veneta que o presidente do Rio Branco, Cláudio Turatti, já se pronunciou a favor, mas dependeria do restante de sua diretoria para dar o aval favorável ao acerto com o Formigão. O advogado dos montes-clarenses, Cristiano Amado, que tem escritório em São Paulo, já está providenciado toda a parte legal para que o processo seja agilizado. A seu favoe o fato de o presidente do Rio Branco ser seu colega de profissão.

ENTENDA O CASO

Essa negociação só está sendo possível diante do pedido de licença indeterminada que o clube de Andradas apresentou à FMF nessa terça-feira (3), alegando falta de estádio para mandar os jogos em sua cidade. Conforme a correspondência, o Rio Branco solicita afastamento das competições oficiais do Estado a partir da temporada 2010, por causa de problemas na permuta que tem com a Prefeitura na cessão do estádio Parque do Azulão.

O Rio Branco oferece um terreno de 250 mil metros quadrados em troca do campo em definitivo. A ideia é ampliá-lo para que a capacidade chegue aos 10 mil torcedores e possa receber jogos decisivos, atendendo o estatuto do torcedor. Mas, segundo Turatti, há uma corrente contrária na Câmara Municipal de Andradas para aprovar o acordo. Sem sucesso na negociação, ele prefere suspender as atividades por três anos e, com o dinheiro que seria aplicado na manutenção do time, construiria o próprio estádio.

Ainda segundo Cristiano Júnior, o pedido de licença na FMF pode ser suspenso a qualquer momento pelo Rio Branco. Para a parceria ser válida na FMF, o clube promoveria a mudança de sede no estatuto, de Andradas para Montes Claros.




Nova parceria pode permitir até cota de TV e patrocínio master


A 'fusão' do Rio Branco com o Funorte pelos próximos três anos teria, ainda, um aporte financeiro invejável. Como está na Primeira Divisão, o clube do Sul de Minas tem direito a uma cota de R$ 600 mil paga pela TV Globo pelos direitos de transmissão do Campeonato Mineiro. Outra garantia é de um patrocinador. A Icasa, fabricante de materiais sanitários, tem um contrato de publicidade na camisa do clube andradino de 10 anos – ainda em vigência.

Outro 'brinde' seria uma vaga na Copa do Brasil que o Rio Branco garantiu como o melhor time do interior no Campeonato Mineiro deste ano (terceiro lugar). Sobre compensação financeira ao Sul de Minas, o Funorte nada disse.

CONFIANÇA – "Estamos confiantes nesse acordo porque há respaldo legal para isso tudo", disse Cristiano Júnior. Com base na correspondência divulgada no site do Rio Branco, o presidente [Cláudio Messias Turatti] está decidido em trabalhar, primeiro, na construção do estádio próprio para depois voltar com o futebol em sua cidade. "Ele foi enfático ao afirmar que aprova a ideia, mas não depende apenas dele", acrescentou Júnior.

Antevendo o sucesso no acordo, o diretor executivo do FEC já contactou o técnico Marcelo Oliveira para ser o comandante deste novo projeto e a resposta foi positiva. "Ele está motivado para isso". Outra boa notícia na sua avaliação é o acerto salarial para a volta do meia atacanet Wellington Dias ao time em 2010. O jogador foi considerado o maestro do Funorte na conquista do Campeonato Mineiro da Segunda Divisão de 2008. "Posso dizer que o xodó do Funorte está de volta", reafirmou.

PARALELO – Mas engana-se quem pensa que o Funorte deixaria o projeto do Módulo II. A diretoria disputaria as duas competições, mas na segunda com um time de jogadores que estouraram idade do time de juniores, reforçados por jovens valores do futebol da região.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

2 comentários:

Anônimo disse...

Mas PODE??????!!!!!!!

Anônimo disse...

Geraldo Martins Campos disse:
6 de novembro de 2009 às 4:56
O unico problema nesse mar de lamas, o Claudio Turati é sem sombra de dúvidas nenhuma um dos homens mais sérios do futebol brasileiro e jamais se misturaria com um Ruy Muniz da VIDA,nem com Zezes da VIDA.
O Rio Branco ja desistiu uma vez da 1ª Divsão do Mineiro e retornou na 2ª,portanto essa não seria a 1ª vez.
Pelo que sei Claudio Turati é homem dos mais honrados e sérios desse meio,talvez seja um dos advogados mais conceituados do Brasil,é advogado da ICASA a mais de 30 anos,é advogado do Milton Neves e do BRADESCO.
O ciume da Caldense existe a VETERANA tem hoje uma das maiores arrecadações mensais de Clubes no Brasil.A Caldense tem hoje 2.950 socios que pagam 150,00 mensais, vezes 2.950 veja ai….. e uma fila de mais 1.100 para aderirem como socios no Clube Social.Laercio Martins,assim como Turati são sérios e esses CLUBES precisam se manter no Mineiro da 1ª.
Turati é meio DOIDO.Existe um regulamento no Rio Branco que :sócios que brigarem dentro da ESTRUTURA do CLUBE será punido com suspensão de 60 dias.Não é que ele discutiu nas dependências do Rio Branco e resumindo:ele mesmo puniu ele,se suspendendo por 60 dias,devido a uma discusão com um outro sócio.
O Rio Branco deve ter em caixa mais de 1.500.000,00 de reais,ja pagou 6 parcelas de 60.000,00 absolutamente em dia referente ao imovel que daria em permuta pra Prefeitura.Ele nunca descontou um unico titulo da TV Globo,por isso compra esse tipo de briga.