Duplo 3 a 0 nos "treinos" do Montes Claros/Funadem contra o Upis/Brasília

Não que tenha faltado respeito ao adversário, até porque trata-se de um dos clubes da Superliga Nacional, mas o fato é que o Montes Claros/Funadem encerrou a sua fase de jogos antes da competição nacional em ritmo de treino. Fez duplo 3 x 0 sobre o jovem time do Upis/Brasília (DF), nos amistosos realizados quinta (25/15, 25/20 e 25/22) e sexta-feira (25/23, 25/13 e 25/22), no Ginásio Poliesportivo Tancredo Neves. Se para a torcida tudo foi festa, para o técnico Talmo de Oliveira, que fez a sua estreia no comando do time montes-clarense, "tudo foi observado nos mínimos detalhes".

Perguntado pela VENETA sobre algo que a sua equipe mostrou que ele ainda não conhecia, o novo comandante foi direto e falou sobre uma das grandes armas que o Montes Claros teve na conquista dos títulos do Campeonato Mineiro e do Desafio Globominas: o saque. "Independente do que representou o adversário, a irregularidade neste quesito foi muito grande. Precisamos sim melhorar o saque; trabalhar mais as variações para estrear bem na Superliga", afirmou Talmo.

Ainda na conversa, ele preferiu não falar da limitação técnica do Upis/Brasília, que veio a Montes Claros com um time muito novo – alguns de seus jogadores ainda são universitários. "Os dois jogos foram importantes para a gente manter o ritmo de jogo; observar as variações que o grupo oferece", acrescentou o treinador, ao observar a rotatividade na quadra. Usou todos os 12 jogadores disponíveis. Até mesmo o capitão Rodriguinho foi substituído para a entrada do levantador reserva Cristóvão.

NADA DE FOLGA


Se os jogadores estão aproveitando o final de semana de folga, o mesmo não se pode dizer da comissão técnica. Talmo e o auxiliar Carlos Alberto Oliveira, o Chiquita, estão estudando o adversário do primeiro jogo da Superliga, na próxima quinta-feira, às 19 horas, no Poliesportivo, contra o Sesi/SP. Este time é o campeão paulista em 2009 e tem como técnico Giovanni Gávio, ex-companheiro de Seleção Brasileira do então levantador Talmo, na conquista dourada dos Jogos Olímpicos de 1992, em Barcelona.

"Temos tudo", resumiu, ao ser perguntado sobre o que tem disponível sobre o adversário do primeiro jogo. Segundo ele, são vídeos sobre a performance do Sesi/SP na conquista do Estadual mais forte do País, que conta com nada menos do que sete times na Superliga Nacional. (foto Clésio Robert)
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: