Vivo/Minas fica para trás no desafio global de vôlei em BH

O Montes Claros/Funadem fez a estreia de gala no Desafio Globominas de Vôlei, na noite dessa quarta-feira, na Arena JK, em Belo Horizonte. Com muita força no ataque e neutralizando os pontos fortes do adversário como as bolas rápidas, venceu o Vivo/Minas por três sets a um em 1h18', com parciais de 25/20, 16/25, 28/26 e 25/19.

No complemento da rodada de abertura, o Sada/Cruzeiro repetiu o placar a seu favor diante do Cimed/Florianópolis. Até a sexta-feira, os quatro times se enfrentarão em rodízio simples. Os dois melhores classificados fazem a final na manhã de sábado, às 9 horas, com transmissão ao vivo da Rede Globo Minas.

A competição é considerada como um aquecimento de luxo para a Superliga Nacional, que começa em novembro próximo. Enquanto o time montes-clarense está entre os estreantes, os seus concorrentes no desafio Globominas foram nada menos que os três primeiros colocados da última edição do maior torneio brasileiro de vôlei.

Nesta quinta-feira, às 18 horas, o Montes Claros volta à quadra para enfrentar o Cimed/Florianópolis, atual campeão brasileiro, na segunda rodada da fase classificatória. Minas e Cruzeiro se encontram na partida de fundo. Uma vitória diante dos catarinenses vai colocar o time do Norte de Minas na final – por antecipação.

O JOGO – Não há como negar que o duelo entre Vivo/Minas e Montes Claros/Funadem tinha um aspecto de revanche, afinal, na festa de reinauguração do Ginásio Poliesportivo Tancredo Neves, há duas semanas, em Montes Claros, o time da Capital Mineira venceu o amistoso por 3 a 0. O troco veio na mesma moeda, com uma vitória imponente sobre o rival em sua própria arena da Rua da Bahia.

O técnico do Montes Claros/Funadem, Marcelo Méndez, mandou à quadra o mesmo time-base que disputou a Copa Banco Província de Buenos Aires, no final de semana anterior, conquistando a segunda colocação. A qualidade da bola no país vizinho foi a maior reclamação dos jogadores, mas como estão melhores adaptados à bola brasileira, o time pôde apostar em sua principal qualidade nesta reta inicial de trabalho: a força de ataque e o saque forçado.

A tática foi aplicada durante todo o jogo. Além disso, o time pôde neutralizar as bolas rápidas que o time do Vivo/Minas tem como arma. O oposto Dias Lorena (17) e o ponteiro Diogo (18) foram os maiores pontuadores no início da noite na Arena da Rua da Bahia.

TIMES – Montes Claros/Funadem – Rodriguinho, Ezinho, Diogo, Dias Lorena, Acácio-Deivid e o líbero Thiago Brendle. Entraram ainda Rodrigo Canhoto, Leozão e Piá. Vivo/Minas – Rafael, André Heller, Canha, Wanderson, Henrique,Minuzzi e o líbero Serginho. Luizinho e Maurício também foram aproveitados pelo técnico Marcão Miranda.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: