Solidariedade; olho no exterior; twitter formigueiro e patrocínios

Visão exterior

Com 34 pontos na final, o oposto Dias Lorena dividiu com o time as atenções nas manchetes dos sites especializados e dos jornais sobre a conquista do Desafio Globominas. Sobre a diferença do seu apelido, alusivo à cidade natal no interior de São Paulo, e o nome que leva na camisa – na verdade o sobrenome -, explica: "Dias porque assim ficou conhecido na Europa, onde jogou na França e na Itália".

Tudo solidário

Truco, dominó, peteca e futebol integraram a programação esportiva da Gincana Social, realizada mês passado, na comunidade Lagoa do Boi, em Glaucilândia. Somente com voluntários, o projeto é itinerante, sendo desenvolvido desde 2007 – a cada seis meses –, tendo como pano de fundo a preservação do meio ambiente. Enquanto uns ficam envolvidos com o esporte, outros atuam nas oficinas de materiais recicláveis e de artesanato, plantio de mudas do cerrado e frutíferas e gincanas. Além de Glaucilândia, são atendidas as comunidades de Montes Claros, Bocaiúva e Juramento.


Os cinco sets

Na febre do vôlei, o Max Min encerrou seu torneio interno no último domingo para homens e mulheres da categoria adulto. Com três times em rodízio simples, a disputa masculina foi a mais equilibrada. Todos os jogos da primeira fase terminaram após a disputa de todos os cinco sets. E a final não seria diferente: Max Voley 3x2 Max Min. No feminino, o time da Itaú Seguros foi o campeão com quatro vitórias.

Onda do Twitter

Com boas chances de ir para as semifinais da Taça Minas Gerais depois de golear o Valério fora de casa, o Funorte também aderiu à onda do Twitter para estreitar a relação com a torcida. Na última nota dessa terça-feira, por exemplo, já é um chamamento da galera para o jogo de domingo, contra o Tupi, às 16 horas. Será o último compromisso em casa pela primeira fase. O endereço é www.twitter.com/formigaofec. A comunidade no orkut é mais antiga: desde a Segundona de 2007.

Postos de trabalho/cadeiras vazias

A Assembleia Legislativa veio a Montes Claros para realizar o seminário sobre esportes e cidadania, ontem, na Sala Geraldo Freire. Os temas são absolutamente pertinentes, ainda mais se tratando de políticas públicas de inclusão através do esporte – cujos projetos se tornaram alguns dos postos de trabalhos mais disputados da cidade –, além do que foi o primeiro grande evento público em Montes Claros depois da confirmação do Rio como sede olímpica 2016. Todavia, as cadeiras vazias chamaram bem a atenção de quem passou por lá.


O TÍTULO DO Desafio Globominas de Vôlei no sábado, em Belo Horizonte, passou a ser o grande argumento do time do Montes Claros/Funadem para bater o martelo em relação ao patrocinador master. O fato é que a telefonia Claro é carta fora do baralho, assim como a Caixa.
MAS ANTES mesmo da expressiva conquista na Capital, o clube já havia intensificado o diálogo com dois grupos tradicionais do comércio varejista com sede em Minas.
A QUALQUER momento, a direção pode estar anunciando uma coletiva para confirmar se, uma rede de supermercados vai patrocinar o clube, ou uma empresa de eletrodomésticos. Ou outra marca de projeção nacional.

PARALELO A isso, está na mesa de trabalho um plano de estudos sobre a adoção do programa sócio-torcedor do vôlei, semelhante ao que já acontece em clubes como Cruzeiro e São Paulo.
COM ELE, haveria privilégios ao adepto para acompanhar os jogos do Montes Claros/Funadem na Superliga Nacional, a partir de novembro. Do tipo, preços mais cômodos...
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: