Palavra do Sada, doping, campeão júnior, luz, tênis, Wal-Mart e uma Seleta

Tênis oficial em Montes Claros

A Federação Mineira de Tênis (FMT) está anunciando para Montes Claros a realização da 9ª etapa do Campeonato Infanto-Juvenil. Será em ritmo de feriado, entre os dias 9 e 12 de outubro, nas quadras de saibro do Max Min. Aliás, a escolha da FMT está motivando o clube a organizar, mas no ano que vem, o Max Davis, um torneio adulto de tênis para sócios e convidados.

Wal-Mart já vende

Nem bem inaugurou a sua loja em Montes Claros com o selo Maxxi Atacado (ali, na antiga Siom), a rede Wal-Mart, considerada a maior entre os supermercadistas do mundo, está trabalhando nos bastidores para conquistar o consumidor regional. Por e-mail, envia-nos diariamente as ofertas de todos seus segmentos, com destaque para o departamento esportivo - e com descontos. Oferece desde escovas de dente de Atlético e Cruzeiro, ao preço de R$ 4,50, até as luvas do Aranha e do Fábio, por R$ 200,00.

Derrota na estreia

Sem acordos com o Comercial, dono do maior estádio em sua cidade, o Pirapora teve que jogar na vizinha Buritizeiro em sua estreia na Segunda Divisão, do outro lado do Rio São Francisco. Mas não adiantou muito não. O time perdeu para o Unitri/Araguari por dois a zero, domingo. Nem a escolha pelo horário da manhã foi benefício. Acreditavam, que o forte calor seria aliado. Ainda na Chave B, mais um anfitrião perdeu: o Betim fez três a zero no Fluminense de Araguari. O Mamoré folgou.

Cachaça boa; time ruim

Empresa norte-mineira com veia esportiva em parcerias como torneios de peteca e de futsal, a Cachaça Seleta está entre as principais marcas do segmento no País. No último dia dois, aproveitando a transmissão do Campeonato Brasileiro, fez um evento especial na Capital: uma noite de degustação no Cruzeiro Sports Bar, na Savassi, com direito a show sertanejo e distribuição de brindes. Mas esqueceram de avisar aos jogadores da Raposa que era dia de festa. O time perdeu de virada para o Grêmio, por quatro a um, jogando mal mais uma vez e com dois a menos; expulsos. Difícil acreditar que, um dia, quem tomou Seleta, foi embora para casa com dor de cabeça.

Título júnior

O Funorte conquistou o inédito título júnior de Montes Claros vencendo o Vasco do Santos Reis, na final única, por três a um, sábado à tarde. Parte do time é a mesma que foi a Macaé e ficou com o vice-campeonato da Copa Juvenil.

Entusiasmo

A ideia de Macaé, que completou 13 edições neste ano, pode ser copiada pelo clube no ano que vem, realizando uma copa de base em Montes Claros e cidades da região como Pirapora, Janaúba, Coração de Jesus e Bocaiúva. Empresários de atletas abraçariam a causa, com a garantia de que os clubes mais tradicionais do País viriam para a disputa. Assim como acontece na Copa InterTV, as prefeituras entrariam como parceiras financeiras.


Palavra do Sada

Todo-poderoso do grupo Sada, parceiro do Cruzeiro em seu time de vôlei, o empresário Vittorio Medioli fez questão de lembrar de Montes Claros nas suas perspectivas para a próxima Superliga Nacional de Vôlei, a partir de novembro.
Considera como favoritos os times que viu jogar já competição passada: Cimed, Santander, Vivo Minas e o próprio Sada.

"Experientes"

Mas como o time do Funadem/Montes Claros ainda está sendo montado, confessa não conhecer seu potencial de quadra, mas deixa claro que, logo na sua primeira temporada, "Montes Claros apresenta um time com jogadores experientes e consagrados", aumentando, a seu ver, a responsabilidade do Sada em defender o título mineiro nesta temporada.

Doping de zagueiro de MOC

Revelado pelo Ateneu, o montes-clarense Ailson, de 29 anos, que é zagueiro do Brasiliense na Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro, foi flagrado no exame antidoping e suspenso preventivamente por 30 dias. Seu exame de urina após a vitória por 2x0 sobre Juventude, no dia 30 de maio, acusou isometepteno, substância proibida que é encontrada no analgésico Neosaldina. O julgamento via Tribunal de Justiça Desportiva ainda está sem data marcada e ele pode ser suspenso entre 120 e 360 dias.

Visita do Ministério

O secretário executivo do Ministério do Esporte, Wadson Ribeiro, está numa espécie de turnê pelo Norte de Minas como garoto-propaganda sobre os projetos de incentivo ao esporte e lazer em parceria com municípios. A visita seria uma forma de detectar a potencialidade das cidades e a peculiaridade de cada uma para com os programas que a pasta tem.

Só pelo nome

É bem verdade que há prefeitos e secretários que conhecem o Ministério apenas pelo nome. Na agenda estão Pirapora, Buritizeiro, Coração de Jesus, Janaúba, Francisco Sá e Claro dos Poções. Montes Claros integra o roteiro final da viagem, com uma reunião especial nesta segunda-feira à tarde, no campus da Unimontes, com a equipe da prefeitura (Secretaria de Juventude, Esportes e Lazer), professores e alunos dos cursos de Educação Física. Uma das pautas adiantadas por ele é a construção das Praças da Juventude, com pistas de skate e outros espaços do chamado esporte 'in door'.

De novo, a novela da luz

Com a proximidade da estreia na Taça Minas Gerais, dia 19, entre Funorte e América/BH, a qualidade do sistema de iluminação do estádio José Maria Melo volta a ser assunto. Passados quase seis meses desde o primeiro jogo noturno do Funorte no Módulo II (2x1 Democrata/SL), a cobrança permanece a mesma, até porque houve a promessa da diretoria do FEC em ajudar o Cassimiro com uma subvenção social em torno de R$ 80 mil para uma reforma completa dos refletores.

Luz do sol

O mais interessante nessa cobrança de agora é que ela vem dos jogadores. Além é, claro, da condição ruim das torres de iluminação, acham melhor que o jogo contra o América e os demais em casa pela Taça sejam de dia, favorecendo-os pelo costume com o forte calor das dez da manhã ou das quatro horas da tarde. Uma arma que o Ituiutaba usa muito bem no Mineiro e que o América abusou dela no Módulo II como mandante em Teófilo Otoni.

PRETENSO candidato ao comando da Várzea, o presidente do Juventus, Robson Roger trata como incompetência o fato de a associação de clubes não conseguir realizar uma eleição há mais de um ano. Sem solução para o caso, apela para as competições de bairro.
ENTRE os maiores ganhadores do Varziano, o Juventus está na final do Major Prates. No ano que vem, o clube completa cinquenta anos.
O GOVERNO de Minas anunciou R$ 10 milhões para investimentos no Estádio do Democrata, em Sete Lagoas, como alternativa para a carência de campos na Capital durante a reforma do Mineirão. A título de curiosidade, a grana é compatível ao projeto completo de um novo estádio em Montes Claros, mais uma vez adiado.
MAS VOLTANDO ao assunto de Sete Lagoas, o dinheiro vai atender não apenas à Arena do Jacaré, mas, também, projetos de infraestrutura. O argumento, que veio do vice-governador Anastasia, mandatário do projeto da Copa 2014 em Minas, é a explicação perfeita que o amigo Tone Ilídio nos pediu para a BR-040.
SEGUNDO ELE, o trecho entre BH e Sete Lagoas está crítico, com ondulações causadas pelas constantes carretas de minério, o que comprometeria o fluxo de carros nos dias de jogo de Atlético e Cruzeiro na cidade vizinha. "É quase um suicídio fazer aquela viagem", resumiu.



Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: