Já figurante, Pirapora leva quatro do Mamoré

Ao que parece, não vai ser em 2009 que outro time do Norte de Minas vai brigar pelo título da Segunda Divisão do Campeonato Mineiro, adiando, assim, o sonho de a região ter dois representantes no Módulo II de 2010 (O Funorte já está lá).

Agora no início da tarde, o Pirapora foi goleado em casa pelo Mamoré por quatro a zero, pela quarta rodada da primeira fase da competição. Todos os gols marcados pelo atacante Cinézio. Na estreia, também em casa, o time perdeu para o Araguari/Unitri por dois a zero, folgou na segunda e na terceira, em Araguari, perdeu de novo para o Fluminense local por três a dois.

De protagonista a coadjuvante e, ao que parece pela campanha, agora figurante, o time do Peixe continua mandando os seus jogos no Estádio Claudiomiro Fernandes, de Buritizeiro, já que em sua cidade, do outro lado do rio São Francisco, o campo do Comercial não foi alugado por seu proprietário.

Não bastasse o chocolate do Sapo - imagine jogar sob o sol de meio dia à beira do Velho Chico? -, o Pirapora pode ser punido pela Federação Mineira de Futebol. O árbitro suspendeu o jogo aos 25 minutos do primeiro tempo por falta de policiamento. Quarenta e cinco minutos depois, somente com a chegada de policiais militares foi que a bola voltou a rolar.

E para o Peixe, diante da sacola dos quatro gols, era melhor que a PM nem tivesse aparecido.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: