Luiz sai e Vantuir assume o Funorte

Era para a reunião ser hoje de manhã, adiaram para tarde e quase chegou na noite, mas a informação é esta que já exalava no post de ontem: Luiz Eduardo caiu do comando do Funorte. Além da má fase em casa e no campeonato em geral e da goleada em Ipatinga na quarta-feira, pesou a seu desfavor o desgaste no relacionamento com o grupo.
Ao que parece, as críticas aos seus métodos de trabalho, principalmente nas substituições, já haviam ultrapassado as concentrações, preleções e treinos. Vinham dos próprios jogadores (não de todos).

Ele se reuniu com a diretoria, até tentou sua permanência por mais um jogo, mas o clube não quis e já abriu a vaga. Para quem? A torcida do Galo vai lembrar melhor. Um tal quarto zagueiro campeão brasileiro em 1971, que já passou pelo próprio Atlético, Democrata e América como treinador.
Vantuir Galdino Ramos, de 59 anos, ganhou a disputa com José Maria Pena, João Francisco, PC Alencar e Enderson Moreira.
NÚMEROS - Desde junho do ano passado no Funorte, contratado como estrela por ter levado o Araxá ao título da Segundona em 2007, Luiz Eduardo comandou o time em 27 jogos, sendo 16 pela Segunda Divisão Mineira e os demais no Módulo II deste ano. Teve 51,85% de aproveitamento, com 11 vitórias, 9 empates e sete derrotas. Foram 46 gols a favor e 32 contra.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

1 comentários:

dezao0589 disse...

Já foi tarde!Péssimo treinador e ainda desrespeitou a T.j.T!