Apenas um ponto em Itaúna

Com apenas uma mudança no ataque, o time foi praticamente o mesmo que venceu o Ipatinga no domingo, mas o futebol dele não...
Nem de longe o Funorte fez menção ao poder de ataque que usou para massacrar o Tigre por quatro a zero, há quatro dias. Suou muito para arrancar um empate com o Itaúna, agora há pouco, no Estádio José Flávio, em Itaúna.
Se a situação do time na tabela fosse outra, seria um ponto com sabor de vitória, já que a igualdade veio no apagar das luzes. Mas a distância da zona de acesso ainda é bem considerável (9 pontos) e, assim todo empate tem gosto amargo; de derrota.
Logo aos 3 minutos, o goleiro Everaldo deu sinais de que a sorte estaria ao lado dos montes-clarenses, ao defender uma penalidade. Ledo engano. Robertinho compensou para o retrancado Itaúna, cinco minutos depois, e abriu o marcador. É bem verdade que o Funorte criou suas chances, umas quatro, mas esbarrou na boa atuação do goleiro Rodrigo, assim como ele fez em Montes Claros, no empate entre os dois times no turno.
Com o 1 a 1, graças ao gol de Ditinho, aos 42 minutos do segundo tempo, o time conseguiu manter-se na quarta colocação, com os mesmos 19 pontos do Araxá, mas melhor saldo de gols.
Domingo, contra o Valério, além da obrigação de vencer, o time tem que fazer figa para que haja um perdedor no duelo de líderes entre Caldense e Ipatinga, um dia antes, em Poços.

Classificação: 1) Ipatinga, 28; 2) Caldense, 28 (uma vitória a menos); 3) América, 21, 4) Funorte, 19 (saldo 5); 5) Araxá, 19 (saldo -1); 6) Formiga, 17 (5 vitórias); 7) Poços, 17 (4 vitórias); 8) Itaúna, 17 (3 vitórias); 9) Valério, 15; 10) URT, 13; 11) Ideal, 12; 12) Democrata, 6.

Um comentário

Cácio disse...

Boa noite, Jilvan!
De veneta? Empate fora de casa...
Seu blog está muito legal, em cima do lance, um golaço de informações de primeira. Valeu amigo!

Cácio Xavier